Lusofonia

Educação Física e Desportos nos Países de Língua Portuguesa

Entrar no Grupo

Seminário Internacional Comunidades de Prática na Escola: a Experiência da Educação Física



Cevnautas da Lusofonia,

Segui informação da Sociedade Portuguesa de Educação Física:

...  O Seminário Internacional "Comunidades de Prática na Escola: A Experiência da Educação Física" dinamizado pelo Laboratório de Pedagogia da Faculdade de Motricade Humana, nos dias 7 e 8 de outubro na FMH, onde está convidada a Professora Melissa Parker (http://www.ul.ie/pess/staff/dr-melissa-parker) enquanto especialista internacional neste tema, está agora acreditado pelo CCPFC  sob o registo CCPFC/ACC-87940/16 com a duração de 12h30 num total de 0,5 créditos.

Pode fazer a sua inscrição através do email: cursosbreves@fmh.ulisboa.pt

Com os nossos melhores cumprimentos

Nuno Ferro (Presidente da Direção da SPEF)

 

Comentários

Por Roberto Affonso Pimentel
em 30-09-2016, às 17h31.

Laércio e interessados na melhoria do ensino educacional no Brasil

                                                    SEM MEDO DE ERRAR!

Para incentivar estudos e pesquisas com predominância nas práticas, dou conhecimento do que estou realizando e divulgando ao mundo.  

------------------------------------------------------

Senhora Professora Dr. Melissa Parker                           remetido hoje (30/9/2016)

Tomei conhecimento de sua participação no Seminário Internacional "Comunidades de Prática na Escola: A Experiência da Educação Física"

Gostaria de compartilhar com a sua Universidade experiências que realizo no Brasil.

Tenho trabalho prático e de pesquisas a respeito de Atividades Físicas e Desporto em escolas. Inicialmente, a partir das primeiras series do ensino básico (8 a 13 anos de idade). A seguir, extensivo ao ensino médio.  

Mais do que Atividades Físicas: é Revolucionário!

Conjuga educação física e jogos: pretende-se que seja MULTIDISCIPLINAR, especialmente voltadas para matemáticas, música, e Tecnologias da Informação e Comunicação - linguagem, oralidade. Aos professores, técnicas e princípios do Design thinking (Tim Brown); tendo em vista a novel NEUROCIÊNCIA, em especial a teoria mielínica do treinamento profundo postulada por Daniel Coyle (The talent code).

Dou- me a conhecer no blog www.procrie.com.br/QuemFaz/ . Este, contém 565 posts, traduzidos em 265 mil visitas  e 411 mil páginas consultadas (set./2016).  

As pesquisas remontam ao ano de 1974-75, quando realizei o primeiro curso sobre o mini voleibol e palestra no 1° Simpósio Mundial de Minivoleibol, FIVB – 1975, Ronneby, Suécia.

Leia mais... Como Tudo Começou, Suécia-1975   

------------------------------

Anexo: sinopse do projeto para escolas brasileiras a serem enviada também ao Comitê Olímpico Brasileiro, Comitê Olímpico Internacional, Vaticano, Instituições e Fundações, além das Universidades de Harvard, Stanford, Columbia (EUA).

Atenciosamente,

Obs.: Sou autor do livro História do Voleibol no Brasil, período 1939-2000, 1.047 pág., 2 vol. Está adjetivado como enciclopédico, memorialista e obra de referência.

Universidade americana que realiza estudos brasileiros adquiriu um exemplar.  Caso se interesse, avise-me.

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2022 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.