Esportes Diferenciados

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar no Grupo

Beisebol é a Novidade no Esporte Pernambucano



Conheci melhor, agora, o esporte beisebol. Tradição entre americanos, japoneses, etc. Confesso que fiquei surpreso com as características da modalidade. Foi fácil relacionar com outras modalidades tradicionais no Brasil. No aspecto das capacidades condicionais estão a força (explosiva e resistência de força); resistência aeróbia/anaeróbia (em especial) e a velocidade. Nas capacidades coo...rdenativas: flexibilidade, habilidade, etc.
O mais surpreendente, entretanto, são as habilidades cognitivas necessárias como: atenção (especialmente); percepção; antecipação; tomada de decisão, concentração e feedback constante.

Aí surge um vocabulário novo no esporte pernambucano:

"Com a partida quase decidida na última entrada, em 9 a 4 para o Natal Solaris-RN, o Náutico Beisebol surpreendentemente, conseguiu anotar as cinco corridas necessárias para virar a partida. Com repertório completo de rebatidas, um “homerun”, roubadas de base e alguns “walks”, o Timbu reverteu de maneira espetacular o placar para 10 a 9."

Enfim, estou encantado com o jogo. Quero mais!

 

Segue link da matéria da ESPN

http://espn.uol.com.br/noticia/441464_com-virada-improvavel-nautico-beisebol-vence-jogo-historico-nos-aflitos

Na tarde deste sábado, o Estádio dos Aflitos, em Recife, presenciou um duelo histórico: o primeiro jogo de beisebol em seu gramado. O Náutico, dono do local e pioneiro entre os times de futebol ao ter uma equipe no esporte, enfrentou o Natal Solaris-RN e venceu por 10 a 9 com virada improvável no décimo inning.

Quase 500 torcedores foram prestigiar a partida, que teve emoção até o final.

O Náutico Beisebol chegou à décima e última entrada perdendo por 9 a 4. No entanto, conseguiu anotar as seis corridas necessárias para virar a partida.

"Apesar da vitória de virada ter vindo após algumas falhas do arremessador adversário, houve um misto de sorte e equilíbrio emocional do nosso time, além da garra e da vontade de vencer dos atletas", disse o técnico e arremessador do Náutico Beisebol, Marcos Trillo.

O time de beisebol do Timbu ainda não conta com jogadores profissionalizados - todos têm outros empregos -, e o custo operacional sai todo do bolso de cada um. A Major League Baseball (MLB, liga profissional dos Estados Unidos) cede equipamentos para fomentar o esporte, e até o consulado norte-americano tem dado apoio à ideia.

A ideia embrionária do Náutico faz a MLB pensar em ter uma liga no Brasil em uma década e um jogo de pré-temporada da liga ou do Mundial de beisebol no país sul-americano até 2020, conforme revelou Caleb Santos Silva, coordenador de marketing internacional da MLB, em entrevista ao ESPN.com.br.

O jogo inaugural serviu para apresentar ao público a vibração de um novo esporte coletivo, a qual os torcedores ainda não estão acostumados. E também para aproximar o beisebol à cultura brasileira, assim como destacar a abertura da nova escolinha de beisebol do Náutico, com apoio da MLB, para crianças de 10 a 14 anos em outubro deste ano. “Essa será a novidade para o nosso associado e quem quiser inscrever seus filhos, a partir de outubro estaremos prontos para a nova modalidade”, garantiu Bira Tavares.

 

 

Comentários

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2022 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.