Educação Física no Distrito Federal

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores em Educação Física e Esportes no Distrito Federal

Entrar no Grupo

18 Anos de Centro Esportivo Virtual na Educação Física - Ucb



18 anos de Centro Esportivo Virtual na Educação Física - UCB

*Por Paulo Trindade

Hoje poderia ser mais um dia qualquer no calendário acadêmico de nossas universidades em geral e da EF_UCB em particular. Mais um dia de aula, mais uma infinidade de desafios que por vezes nos tiram dos espaços de nossas memórias algumas coisas que já se vão com o tempo.

Fazem 18 anos que curricularmente os estudantes do Curso de Educação Física da Universidade Católica de Brasília – UCB vem semestralmente oportunizando aos seus estudantes e muitas vezes professores e pesquisadores o contato com o Centro Esportivo Virtual – CEV como parte dos conteúdos da disciplina de Fundamentos Históricos e Filosóficos da Educação Física e dos Esportes. Esta Unidade de aprendizagem já passou por vários nomes e matrizes curriculares por aqui.

Sinteticamente os estudantes participam de um tópico do programa desta unidade que se chama “Informação em Educação Física e Esportes”. Aqui eles tem uma prévia do trabalho acadêmico que gerou a tese de doutoramento do Prof. Laércio e a seguir vão para exercícios de “navegação monitorada” com possibilidades variadas aprimoradas ao longo deste tempo.

Como a maior idade se dá aos 18 anos em nosso país, coincide aqui que o CEV chegou na UCB em 1998 e viveu várias fases entre parcerias intensas e práticas de interação, criação de laboratórios, o início do programa de Mestrado e Doutorado da EF_UCB e variados projetos vitoriosos em meio ao que contribuiu para a comunidade da Educação Física Brasileira e Estrangeira avançar para novas reflexões que hoje se acomodam transitoriamente em novas plataformas e versões para sustentar estas modificações. São muitas as histórias para contar, e aos poucos e com alguns registros elas podem vir no bojo de uma ou outra temática.

A tese douta quando revisitada em seus escritos da época do NIB/UNICAMP traz o histórico da expectativa da comunidade científica da Educação Física da década de 90 que vivia a transição da cultura analógica para o pretensa comunidade digital/virtual. Este segundo voo futurista, o dos colégios invisíveis, tinham em seu caminho o ceticismo conservador no contraponto aos inevitáveis enfrentamentos da cultura digital da virada do século XX para o XXI. Em muitos casos estes ainda se apresentam em nosso meio.

Enquanto a tese se consumava enquanto projeto acadêmico, tendo uma lista de notáveis que estão realçados nos agradecimentos que se eternizaram com o final da tese e por sua particular importância e protagonismo na Educação Física Brasileira, o sitio do Centro Esportivo Virtual ganhava vida em meio a pouca compreensão e perplexidade de muitos professores, pesquisadores, estudantes que mesmo dando seu voto de confiança, muitas vezes relutaram em de fato se engajar no que hoje está consumado como rede de pessoas para além dos computadores.

A dinâmica de convivência merece mais tempo e linhas para tantas mensagens que foram armazenadas no tempo das listas discussão e o Prof. Laércio com paciência e muito fôlego alertando que os CEVNAUTAS não podiam dormir ou acordar ser que as listas e os demais conteúdos do portal estivessem no ar.

Muito se fala sobre o CEV e algumas coisas se escrevem sobre o tanto que se tem feito desde do 1996, quando tudo começou. Como se trata apenas de mais um dia, mais não de um dia qualquer aqui para a “Comunidade de Educação Física do Distrito Federal”, relembrar um pouco desta nuvem que paira sobre nossas cabeças reaquece um pouco da virtualização da Educação Física do Brasil, seus periódicos, o setor editorial, os livros em formato digital, os blogs, os canais multimídia, o fazer e o pensar da área que entra tempo e sai tempo, já tem mais de oito mil teses de mestrado e doutorado no acervo que engenhado em Muzambinho e que possui um dos maiores bancos de teses do mundo nos dias de hoje.

Fica aqui o registro de quem acompanha aprendendo com o passo de formiga o dia a dia das comunidades, do quem é quem, dos eventos, da biblioteca e aprende a cada novo olhar de quem adentra a sala de aula ou laboratório de computadores para dialogar sobre a sociedade do conhecimento e a era da informação tendo o CEV como ponto de partida. O que é isto? Perguntam os que ainda chegam e vão desvendar o infindável mundo novo do centro de referências em referências em informação da Educação Física e do Mundo.

Em comunicação,

A comunidade que escuta e aos poucos com suavidade compartilhará versões mais tardias e outras mais novas de nosso campo de estudo, trabalho e pesquisa em nosso meio.

Comentários

Por Laercio Elias Pereira
em 19-10-2016, às 08h53.

Professor e Amgo Paulo Tirindade,

O sucesso do CEV deve muito ao tempo em que esteve sediado na Universidade Católica de Brasília e, especialmente, devido ao empenho, nesses 18 anos, do Prof Ms Paulo Trindade Vieira, que, entre outras muitas participações na gestão do CEV, criou e mantem a maior Comunidade entre as 155 que temos: esta Comunidade Educação Física no DF.

Portanto, devo registrar, além das comemorações, o meu agradecimento.

Laércio

 

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2023 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.