Proposta de Triagem de Saúde e Suas Contribuições no Ambiente Ocupacional

Por: Priscilla Santana Bueno, Ricardo Egídio dos Santos Júnior e Thomaz Burke.

XII Congresso Brasileiro de Atividade Física e Saúde - CBAFS

Send to Kindle


Resumo

As atividades sedentárias, principalmente as realizadas na postura sentada, apresentam alta prevalência de queixas osteomusculares associadas não somente a fatores ocupacionais como postura de trabalho, mas também a problemas de saúde como a obesidade que é uma doença crônica não transmissível de causa multifatorial sendo, portanto, necessária uma atuação preventiva. A posição sentada é uma das mais adotadas nos ambientes ocupacionais e é recomendada pela norma regulamentadora 17 sobre ergonomia que diz: sempre que o trabalho puder ser executado na posição sentada, o posto de trabalho deve ser planejado ou adaptado para esta posição. O presente estudo teve como objetivo demonstrar a atuação de um projeto piloto para análise de dados antropométricos de uma população trabalhadora com atividades sedentárias na postura sentada. O projeto piloto através de uma balança multifuncional wireless coletou dados antropométricos de 162 trabalhadores como índice de massa corporal (IMC), altura, peso e pressão arterial.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2023 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.