Proposta de Desenvolvimento da Parte Inferior de Uma Prótese Transtibial Através da Análise do Pé Humano

Por: Ana Carolina Motta Maffra e Jayme Pereira de Gouvêa.

Coleção Pesquisa em Educação Física - v.17 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

A amputação transtibial é a mais frequente dentre as amputações, causando limitação funcional ao indivíduo. Apesar do bom prognóstico para o uso da prótese o amputado pode apresentar dificuldades importantes para locomoção, transferência e trocas posturais. Logo, a prescrição da prótese deve levar em conta fatores como a funcionalidade e a melhora da qualidade de vida. Este trabalho tem por objetivo o desenvolvimento de metodologias de análise da pressão plantar e dos ângulos do pé durante a marcha, de modo a se obter uma superfície de revestimento para o modelo de prótese transtibial, com ênfase na parte inferior, com funcionalidade semelhante a do pé humano. São realizadas medições de pressão através do baropodômetro e a cinemetria é utilizada para a determinação dos ângulos do pé com o solo, durante a caminhada normal, no plano sagital.

Endereço: https://www.fontouraeditora.com.br/periodico/home/viewArticle/1370

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2022 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.