Preferências Por Métodos de Ensino e Transferências Para o Jogo: Um Olhar de Jogadoras de Handebol

Por: Thayná Della Nina Jatobá.

Journal Of Physical Education - v.32 - n.1 - 2021

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi identificar, na opinião de jogadoras de handebol, os métodos de ensino preferidos e as transferências entre os conceitos enfatizados em cada método e o jogo formal. Foram entrevistadas 17 jogadoras de handebol da categoria adulta de uma equipe municipal do Estado de São Paulo. Seus depoimentos foram analisados a partir do método do Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados mostraram que as jogadoras apresentam preferência por métodos de ensino ativo (como o situacional e o global-funcional), principalmente pelas questões que envolvem a complexidade do contexto do jogo. Em relação à transferência entre os métodos de ensino ativos e o jogo as jogadoras destacaram a demanda psicológica, as questões técnico-táticas, as semelhanças com o contexto do jogo e a necessidade de ajustar os comportamentos às demandas do jogo.  Conclui-se que as jogadoras preferem treinamentos atrelados à dinâmica do jogo, com oposição, privilegiando situações que provoquem questionamentos sobre o jogo.

Endereço: https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/47691

Comentários


:-)





© 1996-2022 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.