Limitações de Métodos Quantitativos Para Acessar a Experiência Corpórea Humana: o Body Shape Questionaire e a Escala de Silhuetas de Stunkard

Por: Gabriel César Silva Rodrigues e Paulo Eduardo Rodrigues Alves Evangelista.

Pensar a Prática - v.25 - 2022

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo objetiva realizar uma investigação sobre as fundamentações teóricas e modos práticos de acesso ao conceito de imagem corporal (IC) e insatisfação corporal, conceitos esses que buscam elucidar o modo de vivência corporal da existência. Para tanto, parte de uma revisão de literatura, construindo uma visão ampla dos métodos de investigação e conceitualização do construto IC. Os resultados apontam que a maioria das pesquisas revela que a população está insatisfeita com seu corpo. Postula-se, então, que o método de pesquisa induz esse resultado, pois move-se num círculo vicioso. Conclui afirmando a necessidade de pesquisas qualitativas que foquem a experiência de ser-no-mundo corporalmente.

Endereço: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/70576

Comentários


:-)





© 1996-2022 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.