Impacto dos Polimorfismos da Enzima Conversora da Angiotensina e do Nível de Atividade Física Sobre Variáveis de Natureza Autonômica e Hemodinâmica do Sistema Cardiovascular

Por: Victor Goncalves Correa Neto.

82 páginas. 2020 11/11/2020

Send to Kindle


Resumo

Fatores genotípicos e comportamentais podem refletir diferentes expressões fenotípicas no que diz respeito a higidez cardiovascular tanto no âmbito hemodinâmico quanto no âmbito autonômico. Porém pouco se sabe sobre a possibilidade da predominância de fatores comportmentais, que se destaque nesse cenário o nível de atividade física, sobre os genéticos destacado-se os polimorfismos da enzima conversora da angiotensina ou vice-versa nesse sentido. Para se declinar sobre essa questão a presente Tese foi constituída por dois estudos. O primeiro, diz respeito a uma revisão sistemática sobre as associações entre os polimorfismos da enzima conversora da angiotensina (ECA) e a variabilidade da freqüência cardíaca (VFC), em sujeitos saudáveis. Analisando os dados referentes aos estudos selecionados na revisão, pôde-se perceber que a quantidade limitada de investigações em tal âmbito, bem como a falta de consenso nos achados não permite uma conclusão unilateral sobre o assunto. O segundo estudo, de natureza original, objetivou avaliar a influência dos polimorfismos da ECA e do nível de atividade física na pressão arterial e na VFC. O polimorfismo II mostrou ter influência na atividade parassimpática da modulação autonômica cardíaca (p < 0,05), enquanto os sujeitos mais ativos exibiram menores valores de pressão arterial diastólica (p < 0,05). Ainda, os diferentes níveis de atividade física não exerceram influência nem na pressão arterial e nem na VFC quando os polimorfismos da ECA foram levados em consideração.

Endereço: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.xhtml?popup=true&id_trabalho=9763545

Comentários


:-)





© 1996-2023 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.