Handebol Competitivo em Montes Claros: Profissional ou Lazer Sério?

Por: Nadson Henrique Gonçalves Rodrigues.

Revista Eletrônica Nacional de Educação Física - RENEF - v.6 - n.8 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O handebol competitivo: profissional ou lazer sério?Notamos que as atletas envolvidas na equipe do Montes Claros Handebol não são profissionais, pois não “vivem” do retorno financeiro do time. Algumas recebem ajuda de custo (principalmente para locomoção, alimentação e moradia), outras têm bolsas de estudo. Enfim, apesar de todo esforço dispensado aos treinamentos e competições, a maioria das atletas da equipe têm outros afazeres para seu sustento.A partir dessa estrutura de envolvimento com a modalidade e com a equipe, como poderia ser categorizado o handebol para estas pessoas/atletas? Se não são profissionais, mas têm obrigações com treinos e competições, é possível afirmar a ocorrência de um estado de lazer? . A busca por este perfil de convivência entre trabalho (treinar e jogar handebol, mesmo que não obrigatoriamente) e estrita existência ou não de lazer no ato é que nos instiga investigar a rotina destas pessoas. Com oobjetivo principal de identificar e analisar a ocorrência do “lazer sério” no envolvimento das atletas da equipe de handebol da prefeitura municipal de Montes Claros na rotina de treinos e competições. Este trabalho trata-se de um estudo Quali-quantitativo, a população deste estudo foi composta por atletas componentes da equipe de handebol feminino da prefeitura de Montes Claros, perfazendo um total de 19 atletas entrevistadas.

Endereço: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/renef/article/view/633

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2022 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.