Formação de Professores e Cultura Digital na Educação Física: Reflexões a Partir do Livro Being Self-study Researchers In a Digital World: Future Oriented Research And Pedagogy In Teacher Education

Por: .

Motrivivência - v.32 - n.61 - 2020

Send to Kindle


Resumo

Ao apresentar o livro “Being self-study researchers in a digital world: future oriented research and pedagogy in teacher education”, esta resenha reflete sobre as contribuições da obra para os estudos que articulam a Formação de Professores em Educação Física com a mídia e a tecnologia. A obra traz relatos e reflexões importantes sobre o conceito de autoestudo e suas relações com a formação de professores em Educação Física relacionada com a mídia e tecnologia no Brasil, e pouco exploradas pelo campo acadêmico nacional, o que oferece outras perspectivas de estudos para práticas de formação de professores a partir da emergência das tecnologias no ambiente de ensino-aprendizagem.

Referências

BIANCHI, P. Formação de professores e cultura digital: observando caminhos curriculares através da mídia-educação. 2014. Tese (Doutorado em Educação Física) – Curso de Doutorado em Educação Física, Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

BIANCHI, P. Formação em mídia-educação (física): ações colaborativas na rede municipal de Florianópolis/Santa Catarina. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Curso de Mestrado em Educação Física, Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.

BURNE, G. Moving in a virtual world: A self-study of teaching Physical Education with digital technologies. Dissertação (Mestrado em Educação), University of Auckland. 2017.

DAVIS, N., EICKELMANN, B. & ZAKA, P. (2013). Restructuring of educational systems. Journal of Computer Assisted Learning, 29, 438-450. doi:10.1111/jcal.12032

ERTMER, P. Addressing first- and second barriers to change: strategies for technology integration. Educational Technology, Research and Development, v. 47, n. 4, p. 47-61, 1999.

FLETCHER, T. & OVENS, A. Self-study in physical education: bridging personal and public understandings in professional practice. Asia-Pacific Journal of Health, Sport and Physical Education, 6:3, 215-219, 2015. DOI: 10.1080/18377122.2015.1092721

GARBETT, D. & OVENS, A. (Orgs.). Being self-study researchers in a digital world: future orientad research and pedagogy in teacher education. London: Springer, 2017.

LÉVY, P. O Que é Virtual? Rio de Janeiro: Editora 34, 1996.

MENDES, D. S. O estágio na licenciatura em Educação Física em perspectiva semiótica: (re)ver-se e (re)criar-se em imagens. 2016. Tese (Doutorado em Educação) – curso de Doutorado em Educação, Faculdade de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2016.

MENDES, D. S. Luz, câmera e pesquisa-ação: a inserção da mídia- educação na formação contínua de professores de educação física. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Curso de Mestrado em Educação Física, Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

POFFO, B. N. Formação de professores e periódicos online: estudo com acadêmicos de Educação Física da UFSC. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Curso de Mestrado em Educação Física, Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

QUARANTA, A. M. Formação de professores de educação física na modalidade de educação a distância: experiências docentes no estágio supervisionado. 2011. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Curso de Mestrado em Educação Física, Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.

SHIRKY, C. A cultura da participação: criatividade e generosidade no mundo conectado. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

SILVERSTONE, R. Por que estudar a mídia? Edições Loyola. São Paulo, Brasil, 2005.

SOUZA JUNIOR, A. F. Os docentes de educação física na apropriação da cultura digital: encontros com a formação continuada. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Curso de Mestrado em Educação Física, Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.

SOUZA, M. I. G. F. M. & FERNANDES, M. A. F. O autoestudo e as abordagens narrativo-biográficas na formação de professores. Educação, v. 37, n. 2, p. 297-306, 2014.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2020e57707

Comentários


:-)





© 1996-2022 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.