Fatores Genéticos na Variação Inter-fratrias das Componentes do Somatótipo

Por: André Seabra, Catarina Vasques, José Antônio Ribeiro Maia, , Rui Garganta, Simonete Pereira e Vitor Pires Lopes.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.21 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

Esta pesquisa pretende determinar a influência de fatores genéticos e ambientais na variação interfratrias nas componentes do somatótipo, bem como apresentar, de odo didático, um conjunto de etapas associados a pesquisa de Genética Quantitativa. A mostra foi constituída por 366 pares de irmãos dos 10 aos 18 anos de idade residentes no nordeste e Portugal Continental. As componentes do somatótipo foram estimadas com base no protocolo descrito or CARTER & HEATH (1990), a partir de 10 medidas somáticas. A análise exploratória dos dados foi fetuada nos "softwares" SPSS e PEDSTATS. As estimativas dos fatores genéticos foram obtidas no software" SAGE. Os resultados salientaram uma elevada qualidade da informação (erro técnico de medida 1%). A componente mesomorfa é a mais elevada qualquer que seja a estrutura das irmandades: rmão-irmão, irmã-irmã, ou irmão-irmã. Mesmo depois de ajustadas para diferentes covariáveis as stimativas dos fatores genéticos são elevadas: 0,49 para a endomorfia, 0,55 para a mesomorfia, e 0,71 para e ctomorfia. Estes resultados sugerem a presença de fatores genéticos substanciais a governar a ariação no somatótipo no seio da população

Endereço: https://www.revistas.usp.br/rbefe/article/view/16643

Comentários


:-)





© 1996-2023 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.