é Possível Melhorar o Condicionamento Físico de Militares Durante o Estágio de Adaptação Militar?

Por: Carla Regina de Souza Teixeira, Fábio Angioluci Diniz Campos, Gabriel Guidorizzi Zanetti, Leandra Cristina Benetti Campos, Phelipe Henrique Cardoso de Castro e Sandro Fernandes da Silva.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.28 - n.1 - 2020

Send to Kindle


Resumo

Resumo


Foi realizado um estudo quase experimental com o objetivo de verificar a evolução do condicionamento físico dos estagiários da Academia da Força Aérea no Estágio de Adaptação Militar no ano de 2017 e a efetividade do plano de treinamento executado pela Seção de Educação Física nesse estágio. O estudo foi realizado na Academia da Força Aérea, localizada em Pirassununga, interior de São Paulo. A amostra foi constituída por 150 militares do sexo masculino, regularmente matriculados nos cursos de Aviação, de Intendência e de Infantaria, aptos à prática de exercícios físicos e que consentiram participar da pesquisa. O estudo foi realizado durante quarenta dias seguidos e constituiu-se de uma avaliação inicial, uma intervenção com exercícios físicos e uma avaliação final. Para a avaliação inicial e final foi utilizado o Teste de Avaliação do Condicionamento Físico, que perpassa por exercícios de flexão de braço, abdominal e corrida. No que se refere à intervenção, foram realizados treinamentos de força em circuito e treinamentos de corrida. Os resultados mostraram que após o treinamento no Estágio de Adaptação Militar de 2017 os militares melhoraram significativamente a condição física, havendo, em média, um acréscimo de 23,28% (10 repetições) no número de flexões, um acréscimo de 5,95% (3 repetições) no número de abdominais e um acréscimo de 12,26% (315,4m) na distância percorrida durante o teste de corrida de 12 minutos. Desta forma, o protocolo de treinamento realizado nesse estudo se mostrou efetivo para aprimorar a condição física dos Estagiários da Academia da Força Aérea. No entanto, sugere-se que sejam realizados estudos futuros para responder à esta questão com mais clareza, utilizando-se testes físicos mais aprimorados.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/10210

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2022 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.