Base Nacional Comum Curricular e os Exergames – o Que Licenciandos de Educação Física Falam Sobre a Sua Aplicabilidade

Por: Carla Ramalho e Osmano Tavares de Souza.

Revista Eletrônica Nacional de Educação Física - RENEF - v.9 - n.14 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Referências

ANDRADE, Alexandro et al. Acute Effect of Exergames on Children's Mood States During Physical Education Classes. Games for Health Journal, Catarina Universidade do Estado de Santa, Florianópolis, Volume 8, Número 3, fev. 2019.

ARAÚJO, João Gabriel Eugênio; BATISTA, Cleyton; LUZ MOURA, Diego. Exergames na educação física: uma revisão sistemática. Movimento, Porto Alegre, v. 23, n. 2., p. 529-542, abr./jun. de 2017. Disponível: em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=115351637007. Acesso em: 5 maio 2019.

BEZERRA, Madson Rodrigo Silva. Adaptações cardiorrespiratórias e neuromotoras ao uso de exergames em crianças participantes de aulas de educação física. 53 f. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2018.

BARACHO, Ana Flávia de Oliveira; GRIPP, Fernando Joaquim; DE LIMA, Márcio Roberto. Os exergames e a educação física escolar na cultura digital. Rev. Bras. Ciênc. Esporte, Florianópolis, v. 34, n. 1, p. 111-126, jan./mar. 2012.

BETKER, Aimee L. et al. Video game–based exercises for balance rehabilitation: a single-subject design. Archives of Physical Medicine and Rehabilitation. Volume 87, Issue 8, August 2006, Pages 1141-1149. doi: https://doi.org/10.1016/j.apmr .2006.04.010 .

BRASIL. Constituição Federal (1967). Emenda Constitucional no 1, de 17 de outubro de 1969. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao67.htm. Acesso em: 9 jan. 2019.

______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei 9.394/1996. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei9394_ldbn1.pdf. Acesso em: 09 jan. 2019.

______. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares Nacionais: introdução aos Parâmetros Curriculares Nacionais / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997

______. Lei n.13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF., 26 jun. 2014a. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato 2011-2014/2014/lei/l13005.htm Acesso em: 9 jan. 2019.

______. Base Nacional Comum Curricular – Educação é a base, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versao final_site.pdf. Acesso em: 9 jan. 2019.

COSTA, Marcos Túlio Silva et al. Virtual Reality-Based Exercise with Exergames as Medicine in Different Contexts: A Short Review. Clin Pract Epidemiol Ment Health. 2019 31 de janeiro, 15: 15-20. PMCID: PMC6407662 DOI: 10.2174 / 1745017901915010015 .

DARIDO, Suraya Cristina. Os conteúdos da Educação Física na escola. Educação Física na escola: implicações para a prática pedagógica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005.

DUARTE, A. Montero et al. Analysis and relationship between the problematic use of video games and the level of physical activity in adolescents of Huelva. Education, Sport, Health and Physical Activity (ESHPA): International Journal, v. 3, n. 1, p. 95-106, 2019.

FERRAZ, Osvaldo Luiz; FLORES, Kelly Zoppei. Educação física na educação infantil: influência de um programa na aprendizagem e desenvolvimento de conteúdos conceituais e procedimentais. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 18, n. 1, p. 47-60, 2004.

FINCO, Mateus David et al. Exergames lab: a complementary space for physical education classes. Movimento, Porto Alegre. v. 21, n. 3, p. 687-699, 2015.

FREIRE, Elisabete dos Santos; DE OLIVEIRA, José Guilmar Mariz. Educação Física no Ensino Fundamental: identificando o conhecimento de natureza conceitual, procedimental e atitudinal. Motriz, Rio Claro, v.10, n.3, p.140-151, set./dez. 2004.

GÃO, Zan et al. Effects of exergaming on motor skill competence, perceived competence, and physical activity in pres school children. Journal of Sport and Health Science, v 8, issue 2, march, 2019, p. 106 – 113. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2095254618301078 Acesso em: 05 maio 2019.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2008.

GONÇALVES, Jane Kelli Ribeiro; DOS SANTOS, Joanan Ribeiro; MOTA, Priscila Silva Alves. Aproximações entre os exergames e os conteúdos da educação física escolar. Revista Saúde Física & Mental-ISSN 2317-1790, v. 6, n. 1, p. 74-92, 2018.

MCBAIN, Thomas et al. Development of an Exergame to Deliver a Sustained Dose of High-Intensity Training: Formative Pilot Randomized Trial. JMIR Serious Games, v. 6, n. 1, p. e4, jan.-mar., 2018.DOI: 10.2196 / games.7758

MEDEIROS, Pâmella de et al. Exergames as a tool for the acquisition and development of motor skills and abilities: a systematic review. Revista Paulista de Pediatria, v. 35, n. 4, p. 464-471, 2017.

MONTEIRO-JUNIOR, R. et al., Efeito da Reabilitação Virtual em Diferentes Tipos de Tratamento. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, [s.l.], v, 9, nº 29, p. 56-63, julho/setembro, 2011.

NGUYEN, Huynh Van et al. Moderator roles of optimism and weight control on the impact of playing exergames on happiness: The perspective of social cognitive the or yusing a randomized controlled trial. Games Health J. 2018 ago. 7 (4): 246-252. doi: 10.1089 / g4h.2017.0165.

PEREIRA, Juscélia Cristina et al. Exergames como alternativa para o aumento do dispêndio energético: uma revisão sistemática. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde, Pelotas/RS, v. 17, n. 5, p. 332-340, 2012.

ROBERTSON, Judy et al. Understanding the importance of context: A qualitative study of a location-based exergame to enhance school childrens physical activity. PloSone, v. 11, n. 8, p. e 0160927, agosto, 2016. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0160927

STAIANO, Amanda E.; CALVERT, Sandra L. Exergames for physical education courses: Physical, social, and cognitive benefits. Child Development Perspectives, v. 5, n. 2, p. 93-98, maio, 2011. https://doi.org/10.1111/j.1750-8606.2011.00162.x

SILVA, Fernanda Carolina Toledo; BRACCIALLI, Lígia Maria Presumido. Exergames como recurso facilitador da participação de aluno com deficiência física nas aulas de educação física: percepção do aluno. Revista COCAR, Belém, V.11. N.21, p. 184 a 208-Jan./Jul. 2017.

SOUZA, Celine. Políticas públicas: uma revisão da literatura. Sociologias, Porto Alegre, ano 8, nº 16, jul./dez. 2006, p. 20-45.

SUE, Damian et al. Assessing video games to improve driving skills: a literature review and observational study. JMIR Serious Games, v. 2, n. 2, p. e5, ago. 2014.Doi: 10.2196 / games.3274

VAGHETTI, César Augusto Otero.; BOTELHO, Silvia Silva da Costa. Ambientes virtuais de aprendizagem na educação física: uma revisão sobre a utilização de Exergames. Revista Ciências & Cognição, Florianópolis, v, 15, n, 1, p. 76-88, abr., 2010.

VAGHETTI, Cesar Augusto Otero et al. Exergames no currículo da escola: uma metodologia para as aulas de Educação Física. Proceedings of XII Simpósio Brasileiro de Jogos e Entretenimento Digital, São Paulo, p. 16-18, 2013.

VAGHETTI, Cesar Augusto Otero et al. Características comportamentais de escolares e sua percepção sobre a utilização dos exergames nas aulas de educação física. Cinergis, v. 15, n. 2. 2014a.

VAGHETTI, César AO et al. Exergames na Educação Física: ferramentas para o ensino e promoção da saúde. Proceedings of XIII Simpósio Brasileiro de Jogos e Entretenimento Digital,Porto Alegre–RS–Brasil, p. 12-14, 2014b.

VAGHETTI, César Augusto Otero; VIEIRA, Karina Longone; DA COSTA BOTELHO, Silvia Silva. Cultura digital e Educação Física: problematizando a inserção de Exergames no currículo. Educação: Teoria e Prática, v. 26, n. 51, p. 03-18, 2016.

VAGHETTI, Cesar Augusto Otero et al. Exergames e sua utilização no currículo escolar: uma revisão sistemática. Conscientiae saúde (Impr.), v. 16, n. 2, p. 2017293302-2017293302, 2017.

VASCONCELOS, Breno et al. Comparação das respostas fisiológicas durante a prática de exergame e atividades convencionais: uma revisão sistemática com metanálise. Revista Brasileira de AtividadeFísica&Saúde, v. 22, n. 4, p. 332-342, 2017.

VIEIRA, karina Langone et al. Características comportamentais de escolares e sua percepção sobre a utilização dos exergames nas aulas de educação física. Cinergis, Santa Cruz do Sul, v. 15, n. 2, dez. 2014. ISSN 2177-4005. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/4431. Acesso em: 6 maio 2019. doi:https://doi.org/10.17058/cinergis.v15i2.4431.

VIEIRA, José Jairo; RAMALHO, Carla Chagas; VIEIRA, Andréa Lopes da Costa. A origem do plano nacional de educação e como ele abordou as questões de gênero. Revista online de Política e Gestão Educacional, [S.l.], p. 64-80, jan. 2017. ISSN 1519-9029. doi:https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n1.2017.9746. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/9746/6592. Acesso em: 8 jan. 2019.

Endereço: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/renef/article/view/2784

Comentários


:-)





© 1996-2022 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.