A Participação das Juventudes na Construção da Política de Esporte e Lazer no Município de São Bernardo do Campo.

Por: Sandro Natalicio Prudencio.

2021 30/04/2021

Send to Kindle


Resumo

A pesquisa parte da consideração que a vivência plena de direitos de cidadania, alicerce para a construção da sociedade democrática, não é resultante de um presente ou concessão, mas, sim, conquista por meio de lutas em uma arena política, assentada no respeito à participação dos diversos grupos de interesse que compõem uma sociedade. Nesse sentido, jovens são sujeitos de direitos que compõem um desses grupos sociais específicos e devem ser respeitados (as) em sua capacidade de elaborar, expressar e exercer sua visão de mundo e participar da construção das políticas públicas pelas quais se efetivam seus direitos. No estudo realizado adota-se a noção de “juventudes” com base na ideia de que a juventude não pode ser pensada como uma experiência linear para todos (as) os (as) jovens, determinada exclusivamente por transformações biológicas e psicológicas em uma faixa etária muito restrita entre a infância e a idade adulta, mas sim resultante da influência de uma série de fatores, além da idade, que impactam a forma, o conteúdo e o período de tempo em que vai se viver a juventude. A abertura do olhar para se considerar a diversidade de ser e agir das “juventudes” modifica o teor da análise das políticas públicas voltadas para esse estrato social. Deste modo, a investigação realizada teve como objetivo principal compreender como se dá a participação das juventudes na construção da política municipal de esporte e lazer em São Bernardo do Campo. Buscou-se compreender, de um lado, as ações do poder público local para a promoção da participação dos cidadãos e cidadãs na construção dessas políticas e de outro o interesse e as formas de organização dos (as) jovens individual e coletivamente, visando garantir e ampliar seus direitos e participar em processos de avaliação e proposição de políticas públicas. Definiu-se para o estudo proposto uma abordagem qualitativa de pesquisa. Os procedimentos metodológicos englobaram: estudo de leis referentes ao tema e de documentos oficiais do município de São Bernardo do Campo e da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer; observações participantes em reuniões de conselhos gestores dos equipamentos de esporte e lazer municipais; survey respondido por jovens frequentadores daqueles equipamentos; entrevistas semiestruturadas on-line: a) com jovens participantes de projetos esportivos municipais; b) com jovens participantes de conselhos gestores; c) e com servidores municipais que atuam como gestores ou professores em programas e projetos da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. Os resultados da pesquisa apontam para um baixo conhecimento dos gestores públicos sobre os interesses das juventudes em termos de práticas de esporte e lazer e não existe um projeto para atender demandas específicas desse grupo social. Os jovens e as jovens demonstraram elevado interesse em participar nas instâncias de cogestão de políticas públicas existentes, entretanto existem diversas barreiras culturais e burocráticas para que essa participação se efetive.

Endereço: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.xhtml?popup=true&id_trabalho=10833182

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2022 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.