A Lógica Interna das Lutas Corporais: Implicações Iniciais Para o Ensino-aprendizagem-treinamento do Brazilian Jiu-jítsu

Por: e Vagner Augusto de Oliveira Schmidt.

Motrivivência - v.32 - n.61 - 2020

Send to Kindle


Resumo

Visto somente como um meio de proteção e autodefesa, o Brazilian Jiu-jítsu passou a integrar diferentes materiais pedagógicos referentes à Educação Física. Entretanto, seu processo de ensino-aprendizagem-treinamento tem pouca fundamentação teórica. Nessa perspectiva, a presente pesquisa tem como objetivo refletir a respeito da Lógica Interna de interação do Brazilian Jiu-jítsu, sob as lentes da Praxiologia Motriz, a fim de apresentar suas contribuições para o processo de ensino-aprendizagem-treinamento. Para isso, foi realizada uma pesquisa bibliográfica, de cunho exploratório, com o intuito compreender a lógica sociomotriz de oposição e as comunicações práxicas pertinentes a essa prática corporal, possibilitando ao professor novas possibilidades para o ensino desta.

Referências

AMADOR RAMÍREZ, Fernando. Estudio praxiológico de los desportes de lucha. Análisis de la acción de brega en la lucha canaria. 1994. 838 f. Tese (Doutorado em Educação Física) - Universidad de Las Palmas de Gran Canaria, Las Palmas, 1994.

AVELAR-ROSA, Bruno, GOMES, Mariana Simões Pimentel; FIGUEIREDO, Abel; LOPEZ-ROS, Victor. “Fighting knowledge” characterization and development: contents of an integrated model for teaching martial arts and combat sports. Revista de Artes Marciales Asiaticas. v. 10, n. 1, p. 16-33, 2015. [in Spanish]; doi: 10.18002/ rama.v10i1.1501.

AVELAR-ROSA, Bruno; FIGUEIREDO, Abel. La iniciación a los deportes de combate: interpretación de la estructura del fenómeno lúdico luctatório. Revistas de Artes Marciais Asiáticas, v. 4, n. 3, p. 44-57, 2009.

BIZZAR, Kauê. A história do jiu-jítsu brasileiro: do jujútsu ao jiu-jítsu. Rio de Janeiro: Autografia, 2017.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Proposta preliminar. Segunda versão revista. Brasília: MEC, 2016. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=79601-anexo-texto-bncc-reexportado-pdf-2&category_slug=dezembro-2017-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 20 jun. 2018.

BREDA, Mauro; GALATTI, Larissa Rafaela; SCAGLIA, Alcides José; PAES, Roberto Rodrigues. Pedagogia do esporte aplicada às lutas. São Paulo: Phorte, 2010.

CASTARLENAS, Josep. Estudio de las situaciones de oposición y competición. Aplicación de los Universales Ludomotores a los deportes de combate. Apunts: Educación Física y Deportes, v. 32, p. 54-64, 1993.

FRANCHINI, Emerson. Ensino-aprendizagem do Judô. Corpoconsciência, Santo André, n.1, p.31-40, 1998.

FRANCHINI, Emerson; DEL VECCHIO, Fabrício Boscolo. (Orgs.). Ensino de Lutas: reflexões e propostas de programas. São Paulo: Scortecci, 2012.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOMES, Mariana Simões Pimentel; MORATO, Marcio Pereira; DUARTE, Edison; ALMEIDA, José Júlio Gavião de. Ensino das Lutas: dos princípios condicionais aos grupos situacionais. Movimento, v.16, n. 2, p. 207-227, 2010.

GONZÁLEZ, Fernando Jaime; DARIDO, Suraya Cristina; OLIVEIRA, Amauri Aparecido. Bássoli de. Lutas, capoeira e práticas corporais de aventura. Maringá: Eduem, 2014.

GRACIE, Helio. Gracie jiu-jítsu. Trad. Silvia Graaff-Gracie. São Paulo: Saraiva, 2007.

LAGARDERA, Francisco; LAVEGA, Pere. Introducción a la Praxiología Motriz. Barcelona: Paidotribo, 2003.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Maria de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

PARLEBAS, Pierre. Elementos de sociologia del deporte. Málaga: Coleccción Unisporte-Junta de Andalucia, 1988.

PARLEBAS, Pierre. Elementos de sociologia del deporte. Málaga: Instituto Andaluz del Deporte, 2003.

PARLEBAS, Pierre. Jeux traditionnels, sports et patrimoine culturel. Paris: L´harmattan, 2016.

PARLEBAS, Pierre. Juegos, Deporte Y Sociedad: Léxico de Praxiología Motriz. Barcelona: Paidotribo, 2001.

PUCINELI, Fabio Augusto. Sobre luta, arte marcial e esporte de combate: diálogos. 2004. 50f. Monografia (Licenciatura em Educação Física). - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2004.

RIBAS, João Francisco Magno. Praxiologia Motriz e Voleibol: elementos para o trabalho pedagógico. Ijuí: Unijuí, 2014.

RUFINO, Luiz Gustavo Bonatto. A pedagogia das lutas: caminhos e possibilidades. Jundiaí. Paco Editorial, 2012.

RUFINO, Luiz Gustavo Bonatto; DARIDO, Suraya Cristina. O ensino das lutas na escola: possibilidades para a Educação Física. Porto Alegre: Penso, 2015.

RUFINO, Luiz Gustavo Bonatto; DARIDO, Suraya Cristina. Pedagogia do esporte e das lutas: em busca de aproximações. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 26, n. 2, p. 283-300, 2012.

SALVADOR, Ângelo Domingos. Métodos e técnicas de pesquisa bibliográfica. Porto Alegre: Sulina, 1986.

SARAVÍ, Jorge Ricardo. Prácticas corporales urbanas y praxiología motriz. Una experiencia pedagogica em taller. Cadernos de Formação RBCE, p. 94-102, mar, 2017.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2020e60001

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2023 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.